Quem Somos

Em janeiro de 2010, um terremoto abalou o Haiti resultando em milhares de mortos e desabrigados. Em meio a esse cenário, surgiu a MAIS – Missão em Apoio à Igreja Sofredora, movida pelo desejo de responder à tragédia e ajudar a igreja que sofria naquele local.

Desde então a MAIS já esteve em 15 países e se desenvolveu buscando ações para fortalecer a igreja através de trabalhos com pós-catástrofes, desenvolvimento comunitário, acolhimento a refugiados, locais em situação de guerra ou perseguição religiosa. Ao longo dos anos muitos projetos foram desenvolvidos e concluídos marcando a história de lugares como Nepal, Sertão do Piauí, Guiné-Bissau, Haiti e Ásia Central.

Hoje a MAIS é uma organização missionária que atua de forma direta e estratégica em países onde há perseguição religiosa. Nosso intuito é fortalecer, encorajar e promover a resiliência da Igreja Sofredora, cooperando para que os nossos irmãos em situação de perseguição possam permanecer firmes sendo luz dentro do seu contexto. Somos aproximadamente 50 missionários servindo a Igreja Sofredora ao redor do mundo, atuando estrategicamente na América Latina, Oriente Médio, Sudeste Asiático e África Oriental.

Nossas Ferramentas

Desenvolvimento comunitário

Nosso trabalho visa oferecer a segurança de que a igreja sofredora alcançará dignidade a longo prazo. Assim, temos assistido famílias cristãs por meio de bolsas de microcrédito, ajudando nossos irmãos a iniciar seus próprios negócios.

Acolhimento

Já acolhemos no Brasil dezenas de cristãos refugiados de perseguição e guerra, sem condição de permanecer em seus países. O acolhimento envolve desde a chegada, o processo de documentação e a adaptação em diferentes cidades do Brasil.

Treinamento

Em nossa sede nacional, em Colombo (PR), oferecemos o Centro de Treinamento MAIS (CTMAIS) com 4 meses de duração, que visa formar missionários para a tarefa global, além de obreiros engajados com a causa da igreja sofredora.